Tuesday, May 21, 2024
HomePortuguêsBenefícios do chá verde para o risco de doença pulmonar obstrutiva crónica

Benefícios do chá verde para o risco de doença pulmonar obstrutiva crónica

Investigadores na Coreia analisaram se um dos benefícios do chá verde é o risco reduzido de doença pulmonar obstrutiva crónica (DPOC).

O chá verde é consumido por todo o mundo e tem sido considerado como uma das bebidas mais saudáveis. Apesar das provas clínicas dos benefícios do chá verde serem ainda controversas, as suas propriedades antioxidantes e anti-inflamatórias são amplamente conhecidas. Vários estudos demonstraram a existência de uma ligação entre o consumo de chá verde e a redução do risco de doenças cardiovasculares e cancro mas é ainda desconhecido o seu papel na redução do risco de doença pulmonar obstrutiva (DPOC). Foi por esta razão que Oh e os seus colaboradores decidiram investigar a possível associação entre o consumo de chá verde e o risco reduzido de DPOC.

No seu estudo que foi publicado no The Journal of Nutrition, os investigadores utilizaram dados recolhidos do The Korean National Health and Nutrition Examination Survey (Inquérito Nacional Coreano Sobre a Saúde e Nutrição) recolhidos entre 2008 e 2015 para selecionar os participantes. De acordo com os critérios estabelecidos foram elegidos 13,570 indivíduos. O consumo de chá verde foi determinado através do questionário sobre a alimentação incluído no inquérito. O consumo de chá verde foi categorizado da seguinte forma: “nunca”, “menos do que uma vez por dia”, “uma vez por dia”, “duas ou mais vezes por dia”. Os investigadores recorreram a um teste de função pulmonar para determinar a DPOC. Outras informações recolhidas incluíam o historial de consumo de tabaco, a quantidade de maços fumados por ano, o consumo de álcool por mês, a atividade física, o nível de educação e o nível salarial.

Dos 13,570 indivíduos participantes no estudo, apenas 1,588 consumiam chá verde, dos quais 506 tomavam chá verde duas ou mais vezes por dia. A maioria dos participantes (45,9%) não consumiam chá verde e 42,4% tomavam chá verde menos que uma vez por dia.

Houve uma redução significativa (14.1%) na incidência de DPOC nos participantes.  Os participantes que ingeriam chá verde duas ou mais vezes por dia tinham menos possibilidade de desenvolver DPOC do que aqueles que nunca consumiam chá verde.

Os resultados obtidos revelaram que o consumo de chá verde pelo menos duas vezes por dia pode ajudar a melhorar a função pulmonar e reduzir o risco de desenvolver DPOC. Estas descobertas são de importância significativa dado ao aumento de casos de DPOC. Seria necessário estudar esta associação mais aprofundadamente e com diferentes projeções e populações para então estabelecer uma relação entre o consumo de chá verde e o risco de DPOC.

 

Escrito por Asongna T. Folefoc
Traduzido por Ângela Carvalho, PgC

Referências: Oh C-M, Oh I-H, Choe B-K, Yoon T-Y, Choi J-M, and Hwang J (2017). Consuming Green Tea at Least Twice Each Day Is Associated with Reduced Odds of Chronic Obstructive Lung Disease in Middle-Aged and Older Korean Adults. The Journal of Nutrition doi: https://doi.org/10.1093/jn/nxx016

RELATED ARTICLES

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Latest News and Articles

SUBSCRIBE TO OUR NEWSLETTERS

Stay Connected
10,288FansLike
820FollowersFollow
249FollowersFollow
2,787FollowersFollow

Article of the month

Recognizing HIE: A Call for Advocacy

Have you heard of HIE? It’s the second leading cause of infant mortality and lifelong disability worldwide. 2-3 per 1,000 live births in high-income...

Joke Of The Day – May 21

Recently in the news,  it was announced that The New England Medical Journal reports:  9 out of 10 doctors agree that 1 out of...

ADVERTISE WITH US

error: Content is read-only and copy-protected.